Weby shortcut
logo6
UFJ
Facebook
Twitter
Youtube
Instagram

Karla S. Malaquas

Atualizado em 21/11/17 02:45.

Fez graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (2008). É mestre pelo programa de Pós-graduação em Ciências Naturais na Universidade Estadual do Norte Fluminense (2010). Doutorado no programa de Pós-graduação em Química pela Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), com ênfase em química orgânica. Atualmente é professora da Universidade Federal de Goiás no campus de Jataí. Tem experiência na área de Química de Produtos Naturais atuando no campo da ecologia química de insetos-praga.

Projetos em desenvolvimentos:

PESQUISA

ECOLOGIA QUÍMICA: Estudo das interações entre os organismos e entre organismos e seu ambiente, bem como a caracterização dos compostos   mediadores destas interações.

 

Aplicação do feromônios sexual no monitoramento e supressão da flutuação populacional de adultos de Helicoverpa spp. (Lepidoptera: Noctuidae) na cultura da soja

O crescente cenário produtivo no setor agropecuário vivido pelo Brasil, enfrenta uma considerável barreira em decorrência dos problemas fitossanitários que os produtores vêm sofrendo nas últimas safras, como a praga Helicoverpa armigera., bem como com outras espécies do gênero Helicoverpa. Esta espécie de inseto é ágil, com alta taxa de reprodução, extremamente polígafa, com capacidade de se alimentar de mais de 100 espécies de plantas. Dentre elas, várias de relevância econômica como: o algodão, soja, sorgo, feijão, trigo e milho. A praga é resistente a vários princípios ativos e também a tecnologia Bt (assim chamada em função do Bacillus thuringiensis, de onde foi extraído o gene que confere a resistência às plantas), muito utilizada no controle das lagartas. O objetivo deste projeto é avaliar a eficácia do feromônio sexual no monitoramento e controle da Helicoverpa armigera na cultura da soja com o uso do Manejo Integrado de Pragas (MIP) na região de Jataí – GO. Os feromônios pertencem ao grupo dos semioquímicos que podem agir tanto na fisiologia como no comportamento dos indivíduos. Por atuarem de forma específica na ação contra o inseto-alvo, os feromônios despontam com alternativa eficaz, ecologicamente e economicamente racional no controle de insetos-praga. O delineamento experimental adotado será com cinco blocos e quatro tratamentos. As pesquisas com semioquímicos realizadas em todo o mundo já contemplaram estudos com 103 dos 447 insetos-praga da agricultura brasileira, o que representa 23% do total de espécies. Desta forma, é possível notar que o emprego de armadilhas iscadas com feromônio representa uma importante contribuição para o Manejo Integrado de Pragas (MIP) e para a redução no uso de agrotóxicos na agricultura, aumentando a produtividade e a rentabilidade do produtor rural.

 

Nanoencapsulamento de óleos essenciais com potencial efeito antimicrobiano

Os óleos essenciais desempenham um papel importante na proteção das plantas como agente antibacteriano, antivirais, antifúngicos, inseticidas e contra herbívoros. Além disso, estas espécies vegetais produzem compostos primários, tais como açúcares e compostos nitrogenados, bem como compostos secundários, que não são utilizados diretamente para sua alimentação e nutrição. Entre os compostos secundários mais estudados estão os alcaloides, os flavonoides, as saponinas e os óleos essenciais. O objetivo do projeto é nonoencapsulamento de óleos essenciais com atividade antimicrobiana em potencial.

 

Desenvolvimento de aplicações m-Learning

Uso da tecnologia m-Learning, com o desenvolvimento de conteúdo para a utilização em dispositivos móveis tais como tablets   e smatphones, investigando assim, estratégias que podem contribuir no processo de ensino e aprendizagem.

 

EXTENSÃO

Curso Pré-Vestibular Atitude

O cursinho Pré-Vestibular Atitude da Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí, é um preparatório totalmente gratuito que visa atender alunos de baixa renda. Constituído por professores são alunos da UFG Regional Jataí e com aulas ministradas de segunda a sábados, nas instalações da universidade.

 

Be!Con - UFG Consciente

O projeto de extensão Be!Con converge com a política dos 3R’s. A implementação do uso de canecas no restaurante universitário é onde a REDUÇÃO e REUTILIZAÇÃO estão inseridas. Essa é a ação mais importante para diminuir o volume de resíduo sólido produzido pela comunidade universitária. Implantar pontos de coleta de pilhas, para o correto encaminhamento para descarte e RECICLAGEM também será uma ação muito benéfica à população.